EnglishEspañolMagyarPortuguês Português
<< de volta

A I. Guerra Mundial


Primeira Guerra Mundial - Elsö Világháború (1914-1918).

Graves divergências e tensões políticas e sociais surgem em toda Europa no início do século XX. Em

consequência, eclode a 1ª Guerra Mundial.O premier húngaro, Estevão Tisza - Tisza István faz de tudo para evitar a guerra, mas sem sucesso. De um lado lutam as Potências Centrais - Központi Hatalmak:a Monarquia Áustro-Húngara, a Alemanha e mais tarde, a Bulgária e a Turquia. Do outro lado, a Entente - Antant: a França, a Inglaterra, a Rússia e mais tarde, a Bélgica, a Itália, a Grêcia, a Sérvia e os EUA, que também entram no conflito em 1917. Durante os 4 anos de luta houve milhões de mortos; entre os quais 650.000 soldados húngaros. Em 1917tem início a revolução na Rússia. Os bolchevistas derrubam o império czarista e o novo governo comunista, liderado por Lenin e Trockij, retira-se da Guerra. Porém a Rússia é substituída pelos Estados Unidos, com uma reserva material e humana impossível de sobrepujar.Em 1918- As Potências Centrais são derrotadas, face à enorme superioridade das forças apoiadas pelos Estados Unidos.

1919- Durante o caos, seguido de capitulação, proclama-se uma república bolchevista na Hungria, sob o governo de Béla Kún - Kún Béla, comunista húngaro, recém-chegado de Moscou. 133 dias depois, as forças nacionalistas assumem o comando e elegem o Almirante Nicolas Horthy - Miklós Horthypara liderar o país, com o titulo de Regente - Kormányzó. 1919-1920. Depois do Armistício, seguem-se as discussões dos Tratados de Paz, assinados em Saint Germain com a Áustria, em Versalhes com a Alemanha e no palacete de Trianon (anexo a Versalhes) com a Hungria. Os países perdedores perdem boa parte de seus territórios (a Alemanha, algo em torno de 70.000 km quadrados e a Hungria, mais de 190.000 km quadrados). A Alemanha é ainda condenada a pagar indenizações volumosas aos vencedores. A fome e as doenças assolam a população alemã e milhares de crianças morrem de inanição e tuberculose. Os territórios tomados da Hungria dão lugar a novos países, surgindo nestes territórios a Tchecoslováquia (instalada no antigo Felvidékno norte da Hungria), a Iugoslávia, (implantada no Délvidékao sul da Hungria) e a Romênia (“herdeira” de toda a região de Erdély, a Transilvânia historicamente húngara).O Tratado de Trianon desmembrou um país de mais de1000 anos. A maioriados territórios desanexados era habitada por húngaros em quase sua totalidade. Por conta dele, o povo húngaro, que nunca havia saído de sua terra ancestral, passou a ser tcheco, romeno ou iugoslavo da noite para o dia. Muitos, não aceitando ou não suportando esta situação, deixaram sua pátria milenar e emigraram para o "Novo Mundo": Estados Unidos e América do Sul. Esta foi uma das origens da comunidade húngara em São Paulo.Entretanto, as decisões de Saint Germain, Versalhes e Trianon não resolveram as tensões da Europa. Muito pelo contrário, deram motivos para a eclosão da Segunda Guerra Mundial.

 

Contato

Ellenőrző kód :

]-->]-->]-->