EnglishEspañolMagyarPortuguês Português
<< de volta

Época de reforma e Francisco Jose


"Época de reforma" " Reformkor.

a primeira metade do século XIX. Durante os 150 anos de ocupação turca e mais 150 anos de opressão dos Habsburgos, o desenvolvimento da Hungria ficou prejudicado em comparação aos outros paises da Europa Ocidental. Durante a "época de reforma" os húngaros tentaram recuperar o tempo perdido. O Conde Estevão Széchenyi " Széchenyi István foi uma das figuras mais destacadas da época de reforma, e foi apelidado de o "maior dos húngaros" - a legnagyobb magyar. Fundou a Academia Húngara de Ciências e para este fim, ofereceu a sua renda de um ano. As suas principais iniciativas no campo de economia foram: construção de ferrovias, navegação a vapor no Danúbio, fabricação de navios e máquinas agrícolas, regularização do leito dos rios Tisza e Danúbio, e em 1837 a construção da primeira ponte pênsil, Lánchíd, sobre o rio Danúbio. Resumiu suas idéias em três livros: Hitel - Crédito, Világ - Mundo e Stádium - Situação. Széchenyi queria primeiramente um país economicamente forte, para depois conquistar a independênciaem cooperação com o governo Habsburgo. A outra grande personagem da reforma, Luís Kossuth - Kossuth Lajosqueria antes de tudo, a independência, para em seguida conquistar o progresso econômico.Em 1839o húngaro passou a ser a língua oficial na legislaçãoe na administração públicas, substituindo o latim. Neste meio tempo, toda Europa estava sendo varrida por revoluções. No ano 1848 elas ocorreram em Paris, Viena, Milão e Berlin. 15 de março 1848- a juventude de Budapest, liderada por poetas, escritores e artistas, triunfou com a sua revolução pacífica. Os revolucionários resumiram seus desejos em 12 pontos. Estes foram praticamente os itens do programa de Kossuth. O Parlamento é convocado e começa imediatamente a elaborar as novas leis.O rei aceita e assina a nova legislação. Parecia que a revolução pacífica havia atingido os seus objetivos.


Francisco José - Ferenc József (1848-1916)

o novo imperador austríaco, nomeia, sob pressão dos revolucionários, o primeiro ministério independente húngaro. Essa independência húngara no entanto, não atendia aos interesses das diversas etnias radicadas no país, as quais estimuladas por certos grupos políticos austríacos, se rebelaram contra o novo governo húngaro.Em 1848-1849 eclode uma guerra interna: os húngaros, chefiados porKossuth, não tendo outra saída, começam sua luta em defesa da pátria. As tropas húngaras já parecem vitoriosas, quando o imperador austríaco solicita ajuda do czar russo e tropas russas também invadem a Hungria. As forças invasoras são superiores e o General Görgey, chefe supremo das tropas húngaras, pede armistício na cidade de Világos. Em Arad (cidade da Hungria na época) 13 generais húngaros são executados, passando para história como "Os treze mártires de Arad" - tizenhárom aradi vértanú. Represália e opressão austríacas na Hungria - Osztrák elnyomás (1849-1865).

As revoluções das outras nações da Europa, como também dos húngaros, criaram uma filosofia nova no continente, onde a idéia de um soberano absoluto não era mais aceita. Francisco Deák - Deák Ferenc,denominado pela história húngara "o sábio da nação" - a haza bölcse, reconhecendo essa fraqueza da Monarquia, consegue com uma política habilidosa e com a ajuda da formosa imperatriz Elisabeth (Sissi) um Acordo Conciliatório - Kiegyezés, no ano de 1867. Francisco José - Ferenc József, Imperador da Áustria e sua esposa, a Imperatriz Elisabeth são coroados em Budapeste, como rei e rainha da Hungria. Nasce a Monarquia Austro-Húngara - Osztrák Magyar Monarchia.

Contato

Ellenőrző kód :